Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

Harmonização Facial

 

A harmonização facial consiste na junção de diversos tratamentos faciais resultando na melhoria da qualidade da pele e de suas proporções e simetrias. O protocolo que melhor atende as expectativas dos pacientes é o que utiliza preenchedores, bioestimuladores de colágeno, toxina e fios de sustentação.

É importante salientar que a harmonização facial deve ser feita com base na necessidade do paciente e por profissionais devidamente gabaritados, como um dermatologista, pois envolve o manuseio de produtos que podem resultar em frustração ao paciente.

A principal função da harmonização facial é ressaltar pontos belos da face e promover correção de locais assimétricos. Para isso, o profissional de medicina estética precisa fazer uma análise criteriosa da face do paciente para identificar as características e traçar o protocolo mais adequado na busca de um resultado de excelência, conservando a aparência natural.

É muito comum imagens de pacientes que se submeteram ao tratamento indicarem uma determinada padronização como, por exemplo, a angulação da mandíbula e a projeção do mento ou queixo.

Entretanto, esse não é o intuito do procedimento de harmonização da face. A intenção é que o procedimento restaure a jovialidade e leveza da face, conservando sua característica primária e proporcionalidade das estruturas, ou seja, torne o paciente mais belo sem que seja possível dizer que ele se submeteu a algum procedimento estético.

REDUÇÃO DE MEDIDAS

ESTÉTICA CORPORAL